Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Não-adesão às medicações: como o profissional psicólogo pode ajudar?

As medicações integradas à terapia cognitiva- comportamental são sabidamente padrão ouro como tratamento em muitos transtornos mentais( transtornos ansiosos por exemplo). Os efeitos colaterais desconfortáveis, tempo prolongado de tratamento e custos podem diminuir a adesão às medicações prejudicando o tratamento, prognóstico e a alta. As pesquisas sobre a TCC e a farmacoterapia tem demonstrado efeito positivo no aumento da adesão ao tratamento medicamentoso quando o profissional utiliza técnicas cognitivas comportamentais para trabalhar o planejamento medicamentoso. PREVENÇÃO1) Discuta a adesão;2)preveja os obstáculos à adesão (esquecimento e desogarnização, sentir-se melhor,efeitos colaterais, atitudes negativas em relação à medicação, desestímulo por parte dos outros, desconforto em relação ao médico que prescreve);3)crie um plano para evitar problemas na adesão;4)verifique a adesão frequentemente;RECUPERAÇÃO 1)avalie pensamentos automáticos e crenças nucleares dos pacientes sobre …

Últimas postagens

Você conhece o aprendizado experimental? 

Seleção de vocábulos para implementação do Picture Exchange Communication System – PECS em autistas não verbais

DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL EM CASOS DE SUSPEITA DE TEA

Coleção Protea - R - Sistema PROTEA-R de Avaliação do Transtorno do Espectro Autista

A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO SEXUAL PARA ADOLESCENTES COM TEA